Avaliação do Líquido Amniótico

 em Sem categoria

O líquido amniótico é avaliado pela ultrassonografia das seguintes maneiras:
De forma subjetiva, o ultrassonografista avalia a quantidade de líquido amniótico e define se está em quantidade normal, diminuída ou alterada
– Pela medida do maior bolsão vertical (MBV): é considerado oligoâmnio quando o maior bolsão é menor que 2cm, enquanto que polidrâmnio é chamado quando a medida do maior bolsão é maior que 8cm
– Pela avaliação do índice amniótico (ILA): na época de minha residência médica em medicina fetal (2004) utilizávamos o ILA e considerávamos líquido amniótico normal quando este índice ficava entre 8-18cm. Outros autores consideram apenas os valores entre 5-25cm. Sem medo de errar, ILA abaixo de 5cm é considerado oligoâmnio e acima de 25cm polidrâmnio. Situações limítrofes como ILA entre 5-8 e entre 18-25, chamamos de líquido amniótico discretamente diminuído ou levemente aumentado de volume. Outra forma de avaliar é de acordo com curvas de percentis, chamamos de oligoâmnio quando abaixo do percentil 5 de acordo com a idade gestacional e polidrâmnio quando acima do percentil 95
A avaliação do líquido amniótico representa de forma indireta a avaliação do bem estar fetal, pois faz parte do perfil biofísico do feto. Além disso, algumas patologias estão relacionadas com alterações do líquido amniótico como diabetes gestacional, defeitos congênitos (para ambos), doença hemolítica perinatal e infecções congênitas (para o polidrâmnio), restrição do crescimento intrauterino, insuficiência placentária e pré-eclâmpsia (para oligoâmnio), dentre diversas outras patologias.

Por mais que existam marcadores objetivos, a avaliação do líquido amniótico ainda é considerada bem subjetiva e operador dependente. Na dúvida diante de um exame com esta suspeita, é salutar a repetição do exame com ultrassonografista experiente, sobretudo com formação em medicina fetal. Para as minhas clientes rotineiramente analisamos o líquido amniótico durante a realização das avaliações ultrassonográficas ou mesmo nos exames de ultrassonografia agendados no consultório.

O diagnóstico correto e precoce permite uma conduta mais adequada bem como os melhores resultados maternos e perinatais.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar