Climatério – Menopausa – Terapia de Reposição Hormonal Feminina

 em Ginecologia

WhatsApp Image 2017-05-21 at 10.00.39

➡️ Já está na fase 3 o trial que utiliza cápsulas de Estradiol e Progesterona isomoleculares (em 4 dosagens), ou seja, as mesmas moléculas que o organismo humano produz. Não são hormônios de égua, de porco ou de outro animal, tratam-se dos hormônios com as mesmas estruturas moleculares, importantes aliados na opção terapêutica de reposição hormonal feminina, na janela oportuna, na dose correta, para determinadas clientes e por profissionais capacitados.
.
➡️ E por incrível que pareça, depois de décadas de estudo da terapia de reposição hormonal, será o primeiro produto da indústria farmacêutica convencional a associar os dois hormônios isomoleculares. Por que não pensaram em algo tão óbvio antes? Patente? Necessidade de inve$timento em novos produtos farmacêuticos? .
➡️ Certamente, avanços na área da nanotecnologia com novos produtos pela melhor via de administração trará benefícios enormes na correta terapêutica de mulheres no climatério. Farmacologicamente, a via transdérmica é uma excelente opção de administração de hormônios esteroides, posto que evita a metabolização hepática de primeira passagem.
.
➡️ Os hormônios, como todo tratamento, não servem para quaisquer pessoas. Como diria meu grande amigo @dricaroalves, hábitos de vida saudáveis são fundamentais: prática de atividade física, alimentação funcional saudável, gerenciamento do estresse e do sono. Não existe pílula (ou creme) mágico e sim pessoas que necessitam de um TRATAMENTO INTEGRATIVO, de cuidar da SAÚDE como um todo para evitar DOENÇAS.
.
Fonte: http://www.maturitas.org/article/S0378-5122(15)00314-X/pdf


WhatsApp Image 2017-05-21 at 10.13.26

Tive a curiosidade de ler um pouco sobre nanotecnologia e terapia de reposição hormonal feminina transdérmica. Eis que descobri (e li) um trial com 66 mulheres submetidas ao tratamento de reposição hormonal com estradiol + estriol e progesterona transdérmicos por 5 anos e o referido pesquisador é o autor principal deste trabalho.
.
⚛ Classicamente, sabe-se que a via transdérmica é uma excelente opção porque evita a primeira passagem hepática, com menor sobrecarga ao fígado. Como principais resultados do trabalho, houve uma redução dos sintomas climatéricos avaliados pelo índice de Kupperman e aumento da satisfação ao tratamento, ambos estatisticamente significantes. Não houve desencadeamento de efeitos adversos ou desenvolvimento de tumores. Não houve aumento da pressão arterial ou distúrbios tromboembólicos.
.
☯ No dia em que discutirmos ciência com isonomia e com as diversas especialidades em saúde seja medicina (e suas diversas especialidades), farmácia, enfermagem, bioquímica, farmacologia, fisiologia, nutrição, psicologia, odontologia e educação física, realmente seremos capazes de entender a saúde como UM TODO. Respeitemo-nos uns aos outros , não sejamos hipócritas, afinal ninguém é dono da verdade, esta só será conseguida com a união de todos. E aí já fico imaginando os possíveis críticos:
.
❓Mas o n é pequeno…
Ok, então realize um estudo com um n maior (no Brasil) com metodologia semelhante e siga por 5 anos
.
❓Mas seria interessante comparar com o grupo controle…
Seria ético não tratar clientes com sintomatologia sabendo-se dos benefícios do tratamento quando oportuno?
.
Aos estudiosos da área, segue o link do trabalho: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3912337/pdf/cln-69-02-075.pdf


WhatsApp Image 2017-05-21 at 10.15.57

Excelente reportagem do globo repórter sobre o uso de hormônios para a saúde. Vale muito a pena assistir. No programa é exibido a importância da valorização e tratamento dos sintomas do climatério, as alterações hormonais que ocorrem com a puberdade, a andropausa em um homem relativamente jovem e sedentário, tratada e melhorada com o uso da testosterona transdérmica (prescrita por médico), os gêmeos que tiveram de tratar distúrbios do crescimento com o GH, o jovem da academia que na tentativa de ficar forte fez uso de forma indiscriminada (sem acompanhamento médico) de testosterona (provavelmente de ) injetável, a senhora que melhorou sua qualidade de vida tratatando o hipotireoidismo, repondo também selênio, a psicóloga com enxaqueca e distúrbios do sono, com melhora após o tratamento com melatonina. .
Durante todo o programa foi enfatizado a importância da mudança dos hábitos, principalmente através da atividade física e da alimentação saudável. O nome disso é medicina do estilo de vida ou medicina integrativa.
.
Parabéns à Rede Globo, vale a pena mesmo assitir no link http://g1.globo.com/globo-reporter/edicoes/2016/05/20.html#!v/5039131


 

 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar